Atualizando informações ...

CLOS APALTA 2011

Ref: TMTIG12011C106MCBR
Marca: CLOS APALTA
Modelo: Vinho Tinto

De R$ 2.370,00
Por:
R$ 2.100,00
Economize  R$ 270,00

R$ 2.037,00 à vista com desconto Pix - Vindi
ou 4x de R$ 525,00 Sem juros Cartão Hipercard - Vindi
* Aqui sua compra é 100% segura, compre com tranquilidade.
Descrição Geral

CLOS APALTA 2011

 

Coloração: Tinto

Tipo: Seco

Origem: Vale do Colchagua, Chile

Variedade de uvas: 71% Carmenère, 20% Cabernet Sauvignon e 9% Merlot.

Volume: 750ml

 

Alexandra Marnier-Lapostolle, com o objetivo de produzir os melhores vinhos do Chile, em um terroir único na região de Apalta, no Vale do Colchagua, idealiza um projeto na renomada Casa Lapostolle em 1994 nomeando-o "Clos Apalta". A filosofia deste projeto é fazer vinhos à maneira dos grandes produtores de Bordeaux, usando a experiência francesa da família e também do renomado enólogo Jacques Begarie.

Uma taça de Clos Apalta abre as portas para um sonho!

O Clos Apalta é elaborado a partir de um blend de Carmenère, Cabernet Sauvignon, Merlot e Petit Verdot, provindas de vinhas velhas pré-filoxera plantadas em 1920 não enxertadas. O resultado é um vinho macio, encorpado e de belo equilíbrio, recebendo constantemente altíssimas pontuações de especialistas, incluindo a máxima nota de 100 pontos por James Suckling nas safras 2014, 2015 e 2017.

Com um solo limoso, bela insolação e temperaturas frescas devido à presença do rio Tinguiririca, as uvas Merlot e Carmenèré, principalmente, desfrutam de um amadurecimento perfeito. Como o terroir é uma matéria viva, o Clos Apalta se abriu para os orgânicos da melhor maneira possível. A partir de então, ajudar a preservar a sensação natural e pura dos diferentes terroirs tornou-se uma prioridade absoluta. A vinha recebe o melhor tratamento possível. A visão orgânica do produtor é proteger não só a pureza da fruta dos vinhos, mas também a pureza do ambiente e das pessoas que trabalham nas vinhas. Inspirados na experiência em gestão biodinâmica de vinhas, permite-se que o terroir se expresse em verdadeira harmonia. Os cuidados com a vinha bem como um terroir único na região resultam em vinhos excepcionais e reconhecidos mundialmente, sendo o Clos Apalta um dos mais premiados vinhos do Chile. É envelhecido por 27 meses em barris de carvalho francês, sendo 85% novos e 15% de segundo uso

 

3 excelentes opções para harmonizar com vinhos Carménère

Quando falamos da uva Carménère, imediatamente nos remetemos à produção chilena de vinho tinto de alta qualidade, pois nada menos que 90% da produção mundial está concentrada no país. 

Apesar de ser a uva-símbolo do Chile, essa uva é originalmente de Bordeaux e se espalhou pela Europa. Porém, nos anos 1800, todas as plantações dela foram dizimadas pela praga filoxera e nos anos 1900 ela ganhou espaço e sucesso nas terras chilenas.

Os vinhos Carménère têm intensidade alta em presença na boca harmonizando com o álcool , o que atende à grande maioria dos paladares. Quando na boca, oferecem taninos sem a presença de uma uva Cabernet Sauvignon e não tão delicados quanto os vinhos Merlot ou Pinot Noir.

Um destaque é a bela cor rubi intensa com tons violáceos.

Os aromas dos vinhos Carménère vão desde as frutas vermelhas ? ameixa e framboesa, em especial ? a notas de especiarias, além de ervas frescas, baunilha, cacau e mineralidade conforme o terroir e o método de produção.

 

1 - Carnes brancas e vermelhas
Devido à sua intensidade média, harmonizar carnes com vinhos Carménère apresenta uma variedade maior de possibilidades. Nas carnes brancas, por exemplo, use temperos fortes para haver um equilíbrio com a proeminência do vinho.

Para as carnes vermelhas, escolha os cortes suínos e bovinos mais equilibrados como o filé mignon e com pouca gordura. Combinações de vinho tinto Carménère com carnes mais comuns são o peru e porco assado, o filé mignon e o ensopado de carne.

Prefira os molhos vermelhos nos pratos.

 

2 - Feijões e lentilhas
Por ser um vinho com nota herbácea, podemos harmonizar Carmenere com feijões de todas as espécies e lentilhas. É importante ter atenção com o tempero, preferindo a pimenta-do-reino, o cominho, o orégano e o limão.

 

3 - Queijos

Devemos harmonizar queijos com vinho chileno Carmenere maduros e de consistência macia, como o mozzarella, o ementhal e o feta.

Formas de Pagamento
Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...
Ao usar esta loja virtual, vocé aceita automaticamente o uso de cookies. Acessar nossa Política de Privacidade
Olá, venho através do site da Setwines e preciso de ajuda!